Imprensa

RAPE MAP é um mapa de violações de todo o mundo onde qualquer pessoa que tenha sofrido uma violação pode assinalar o local exato onde ocorreu e também escrever o seu testemunho. RAPE MAP luta contra o estigma social da pessoa violada.

Não é um mapa de estatísticas, é um mapa dos testemunhos: “What happened?” “I was mugged and robbed”. “Where? When? Are you all right?” “Yes. In a wood by a village near here.” “Were you raped?” I said nothing. “Were you raped?” “Yes.” I said it quietly, so as not to hear myself. I said it. I said it. I didn’t plan to say it, but I did.

Porque se fala sobre um acidente, ou um roubo, e não se fala sobre uma violação? Porque temos vergonha da violação? Por acaso é algo que podemos escolher? Porquê esconder? Uma criança que nasça hoje na África do Sul tem mais probabilidades de ser violada do que aprender a ler. Conta o que te passou. Somos muitas as pessoas que fomos violadas. Não te cales. Traz á luz aquilo que desgraçadamente é bastante mais comum do que aquilo que pensamos. Não alimentes este tabu.

RAPE MAP é um projeto sem fim lucrativo desenvolvido a partir da ideia original de mmmm…

 

Download interview to the first testimony’s author